Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de março de 2020, 06h20

Rodrigo Maia fala em “pensamento medíocre” de Guedes, que tem “quase nada” para conter crise no curto prazo

Presidente da Câmara diz que Paulo Guedes não tem projetos para lidar com o aprofundamento da crise econômica devido à pandemia de coronavírus

Bolsonaro,Maia, Alcolumbre e Guedes na entrega da proposta da reforma da Previdência (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que o ministro da Economia, Paulo Guedes, tem “pouca coisa ou quase nada” de curto para combater a crise que se aprofunda com a pandemia de coronavírus e sinalizou que a chantagem feita pelo ministro com o Congresso para aprovação das reformas neoliberais parte de um pensamento “medíocre”.

“A crise é tão grande que a gente não tem direito nem de imaginar que o ministro da Economia de uma das maiores economias do mundo, o com mais poder desde a redemocratização, possa ter pensado de forma tão medíocre. Eu tenho certeza de que não”, disse Maia, em entrevista a Leandro Colon e Julia Chaib na edição desta sexta-feira (13) da Folha de S.Paulo.

Segundo Maia, Guedes teria irritado parlamentares durante reunião sobre o Coronavírus na última quarta-feira (11) por mostrar que não tem projeto algum para enfrentar os próximos seis meses de aprofundamento da crise com o coronavírus.

“Em relação ao curto prazo, ele [Guedes] não tinha uma coisa organizada ou não quis falar de anúncio a ser feito pelo presidente. Se você olhar os projetos, tem pouca coisa que impacta a agenda de curto prazo ou quase nada. Temos um problema de seis meses”, afirmou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum