Fórum Educação
14 de outubro de 2016, 10h29

Russomanno se recusa a ser tratado como cidadão comum e é retirado de voo

Passageiros tiveram que esperar 40 minutos para decolar devido à tentativa de carteirada do deputado, que não quis passar sua bagagem de mão pelo raio-x.

Passageiros tiveram que esperar 40 minutos para decolar devido à tentativa de carteirada do deputado, que não quis passar sua bagagem de mão pelo raio-x

Por Redação

Nesta terça-feira (11), o deputado federal e derrotado na disputa pela prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (PRB), tentou dar carteirada para não passar sua bagagem de mão pelo raio-x no aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília. O procedimento é padrão e busca evitar que passageiros entrem armados na aeronave.

Em um primeiro momento, acreditando que a tentativa de burlar as regras da companhia aérea tivessem dado certo, Russomanno chegou a embarcar, mas foi retirado por policiais federais para negociação em um local reservado. As informações são do site Diário do Poder.

O voo 6628, da Gol, atrasou sua decolagem em 40 minutos por causa disso. A Câmara dos Deputados já confirmou em outras ocasiões – como quando Paulo Maluf protagonizou evento similar, em 2012 – que parlamentares “não tem qualquer tipo de prerrogativa” que impediria a revista, sendo, portanto, “cidadãos como qualquer outro”.

Foto: Reprodução


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum