Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de fevereiro de 2012, 09h48

STF retoma julgamento da Raposa Serra do Sol

Fotos: Antonio Cruz e Fabio Rodrigues Pozzebom, da ABr

O julgamento que definirá o futuro da reserva indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, será retomado no dia 26 deste mês, informou nesta segunda-feira, 17, o Supremo Tribunal Federal (STF). O julgamento recomeçará antes mesmo da data estimada pelo presidente do STF, Gilmar Mendes, que no último dia 5 havia afirmado que o assunto voltaria à pauta em dezembro.

A análise da ação protocolada por dois senadores de Roraima, que pedem a anulação da portaria que definiu a demarcação contínua da reserva, foi interrompida no último dia 27 de agosto por um pedido de vista do ministro Carlos Alberto Menezes Direito.

Antes de o julgamento ser suspenso, apenas o relator do processo, Carlos Ayres Britto, havia votado. Ele defendeu em seu voto a demarcação homologada pela União em 2005, que definiu limites contínuos à reserva.

De acordo com a assessoria de imprensa do STF, o ministro Menezes Direito já liberou o processo para julgamento. Ele havia pedido vista da ação para ter mais tempo para preparar seu voto.

O julgamento será retomado no dia 26, uma quarta-feira, às 9h. A expectativa é que a sessão tome o dia todo até que o plenário conclua a análise da ação. No entanto, ainda há a possibilidade de o julgamento ser novamente interrompido caso algum ministro resolva pedir vista do processo.

Em jogo está a manutenção da demarcação contínua da Raposa Serra do Sol, homologada pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em 2005. De um lado, os índios defendem que a portaria assinada pelo presidente seja mantida e lutam pela proibição da presença de não-índios na reserva. De outro, os plantadores de arroz pretendem manter as terras onde cultivam o produto.

Leia também

Índios e capitalismo de faroeste Por Anselmo Massad e Renato Rovai
Rubens Ricupero defende a demarcação da reserva Raposa Serra do Sol e assegura que os indígenas nunca foram entrave para garantir a segurança das fronteiras


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags