Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de maio de 2017, 17h06

Temer atenta contra o direito de greve e manda cortar ponto de funcionários públicos

Em resposta autoritária ao movimento grevista, o presidente mandou descontar o dia de trabalho de todos os servidores públicos que paralisaram suas atividades na greve geral do dia 28, atentando contra um direito previsto na Constituição

Por Redação

Veio à público, nesta terça-feira (2), a circular do Secretário de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho no Serviço Público, do governo federal, ordenando o corte do ponto de todos os servidores públicos que aderiram à greve geral da última sexta-feira (28).

Temer já havia ameaçado fazer o corte de ponto como uma tentativa de enfraquecer a greve, mas a circular mostra que a atitude, de fato, foi tomada, em uma resposta autoritária ao movimento grevista. De acordo com as centrais sindicais, estima-se que mais de 30 milhões de brasileiros paralisaram suas atividades contra as reformas trabalhista e da Previdência que vêm sendo encabeçadas pelo governo.

Circular determinando o corte dos pontos. (Reprodução)

A Constituição Federal, em seu artigo 9º e a Lei nº 7.783/89 asseguram o direito de greve a todo trabalhador, e o exercício da greve, pela lei, deve ser considerado legítimo quando o empregador ou a entidade patronal correspondentes tiverem sido pré-avisadas com 72 horas de antecedência.

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum