Fórumcast, o podcast da Fórum
09 de agosto de 2015, 18h36

Transexual “crucificada” na Parada Gay é agredida em São Paulo

Em sua página no Facebook, Viviany Beleboni denuncia em vídeo ter sido esfaqueada por um agressor que a teria reconhecido. “Sabe o que vou ter que fazer? Ficar trancada dentro de casa. Porque é isso que esses religiosos, esses fanáticos querem”

Em sua página no Facebook, Viviany Beleboni denuncia em vídeo ter sido esfaqueada por um agressor que a teria reconhecido. “Sabe o que vou ter que fazer? Ficar trancada dentro de casa. Porque é isso que esses religiosos, esses fanáticos querem”

Por Redação

A modelo Viviany Beleboni divulgou um vídeo em sua página no Facebook neste sábado (8) mostrando sinais de cortes no rosto e no corpo, resultado de uma agressão sofrida na rua. De acordo com ela, uma pessoa o reconheceu na rua por conta de sua apresentação na Parada do Orgulho Gay deste ano, na qual a transexual desfilou “crucificada” para protestar contra a violência transfóbica.

Segundo o relato, o agressor a reconheceu na rua e disse que ela ‘não era de Deus, era um demônio’ e que pelo que ela fez “teria que pagar”. Viviany afirmou que não vai registrar ocorrência. “Agora as pessoas dizem ‘vai fazer um BO, vai na delegacia…’ Pra quê? Pra eles te tratarem que nem um homem lá? Pra te chamarem que nem homem, rirem da sua cara e não dar em porra nenhuma?”, questionou.

“Sabe o que vou ter que fazer? Ficar trancada dentro de casa. Porque é isso que esses religiosos, esses fanáticos querem”, lamentou. Confira o vídeo abaixo.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum