Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
09 de janeiro de 2020, 11h55

Trump é autorizado a usar US 3,6 milhões do Pentágono para construção de muro na fronteira com México

Uma corte estadunidense derrubou o bloqueio que havia sobre parte do orçamento militar que Trump havia desviado para financiar a obra

Trump na fronteira com o México (Foto: Reprodução YouTube)

A construção do muro na fronteira entre Estados Unidos e México, projeto símbolo da campanha presidencial de Donald Trump em 2016, ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (8), quando um tribunal federal de Louisiana desbloqueou o fundo que o presidente destinou, no final do ano passado, para financiar a construção da obra.

Apesar de que a promessa original de Trump era que o México pagaria pela construção do muro, a verdade é que isso jamais esteve perto de acontecer – nem mesmo quando o mandatário do país vizinho era Enrique Peña Nieto, o antecessor neoliberal do atual presidente López Obrador (socialista) e mais amistoso com os Estados Unidos.

Por isso, e pela pressa em completar sua promessa, o presidente estadunidense decidiu, em meados de 2019, criar um fundo específico, alimentado com 3,6 milhões de dólares tirados do orçamento do Pentágono.

No entanto, esse fundo foi bloqueado em dezembro de 2019, por decisão de outro tribunal federal, do Texas, atrasando os trabalhos de construção em um mês. Agora, a administração Trump pretende reativar o decreto de emergência nacional para a construção da obra, de forma a pelo menos apresentar algum avanço durante a campanha presidencial que acontecerá no segundo semestre deste ano, e na qual Trump tentará sua reeleição.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum