No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
28 de outubro de 2018, 17h05

2º turno nas redes: Máquina de campanha digital de Bolsonaro repete arrancada do final do primeiro turno

"Reiteramos aquilo que havia sido dito ontem: se isto vai se refletir nas urnas, só saberemos ao final do dia, após a contagem dos votos", dizem os pesquisadores Vinicius Wu e Raul Pimentel.

Por Vinícius Wu e Raul Pimentel

# Se o método de análise de desempenho de campanhas eleitorais que apresentamos aqui ontem tiver alguma validade, então, hoje não foi um dia feliz para campanha de Fernando Haddad. Ao que tudo indica, a monumental máquina de campanha digital de Bolsonaro operou a todo vapor entre o meio/final da tarde de ontem e hoje, repetindo a vantagem obtida no primeiro turno.

# Haddad vinha se recuperando na última semana. Um crescimento orgânico e embalado pelas oscilações pra cima do candidato em algumas das pesquisas eleitorais divulgadas nos últimos dias. Ao que tudo indica, as baixas na estrutura de campanha digital de Bolsonaro (principalmente os sistemas de distribuição de fake News pelo Whatsapp) foram bastante sentidas na etapa final da campanha do candidato do PSL. Entretanto, a mega-estrutura de campanha digital de Bolsonaro, que vem sendo construída, pelo menos, desde 2016, novamente se impôs nos momentos finais antes da votação.

# Desde ontem, percebemos um nível de atividade incomum em algumas das redes pró-Bolsonaro. A coleta de dados realizada ontem abarcava bem o resultado da semana, mas trazia dados parciais sobre a atividade realizada ontem. Por isso, Haddad aparecia praticamente empatado. Hoje foi possível recolher bem os dados de ontem e, principalmente, verificar qual foi o comportamento entre ontem e hoje – dia da votação. O gráfico é bastante esclarecedor.

# Reiteramos aquilo que havia sido dito ontem: se isto vai se refletir nas urnas, só saberemos ao final do dia, após a contagem dos votos. No primeiro turno, encontrarmos forte correspondência entre este levantamento e o resultado das urnas.

Vinicius Wu, Mestre em Comunicação Social pela PUC-Rio; Raul Pimentel, Jornalista de dados.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum