Ação penal contra Januário: MPF abre processo por propina paga a procurador da Lava Jato

Mensagens de doleiro descrevem um esquema de pagamento mensal de propina a Januário. Investigação é a primeira que tem como alvo um procurador da Lava Jato em Curitiba

O Ministério Público Federal (MPF) iniciou uma investigação para apurar suspeitas de pagamentos de propina ao procurador Januário Paludo. Investigação acontece no âmbito do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e é a primeira que tem como alvo um procurador da Operação Lava Jato em Curitiba.

A apuração partiu de um relatório da Polícia Federal, de outubro, sobre mensagens trocadas entre Dario Messer, conhecido como “o doleiro dos doleiros”, e sua namorada, Myra Athayde. Os diálogos, que citam uma suposta propina paga a Paludo em troca de proteção, foi enviado à PGR (Procuradoria-Geral da República).

Ao mesmo tempo, a Corregedoria do Ministério Público Federal também instaurou uma sindicância para apurar as mesmas suspeitas do ponto de vista ético-disciplinar.

Os diálogos de Messer com a namorada ocorrem em agosto de 2018 e descrevem um esquema de pagamento mensal de propina ao procurador, que dá nome ao grupo de Telegram – Filhos de Januário – da força-tarefa, como revelado pela série de reportagens da Vaza Jato.

Na conversa, Messer fala sobre os processos a que responde e cita reunião de uma das testemunhas de acusação contra ele com o procurador. “Sendo que esse Paludo é destinatário de pelo menos parte da propina paga pelos meninos todo mês”.

 

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR