Fórumcast, o podcast da Fórum
23 de agosto de 2018, 13h13

Adalclever Lopes é o substituto de Marcio Lacerda para a disputa do governo em Minas Gerais

A decisão foi tomada depois de dois dias de reuniões envolvendo os líderes dos seis partidos da chapa

Adalclever Lopes. Guilherme Bergamini/ALMG

De acordo com informações do jornal O Tempo, o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Adalclever Lopes (MDB), lançou, na manhã desta quinta-feira (23), a sua candidatura ao governo do Estado.

Ele foi o escolhido para substituir o ex-prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, que anunciou, nesta terça-feira (21), que não é mais candidato. Sua decisão foi divulgada por meio de uma carta, em que também anuncia sua saída do PSB.

De acordo com ele, “o conchavo” entre seu partido e o PT fez com que fosse impedido de prosseguir no processo eleitoral. “A cúpula do PSB e do PT conspiraram para retirar a minha candidatura a governador de Minas Gerais, impedindo a desvinculação definitiva do tradicional papel de braço do PT, desempenhado pelo PSB”, segundo trecho da carta.

A decisão foi tomada depois de dois dias de reuniões envolvendo os líderes dos seis partidos da chapa (MDB, Podemos, PDT, PRB, PROS e PV).

Adalclever afirmou que mesmo tendo trabalhado com base do governo de Fernando Pimentel durante três anos, ele tem capacidade para ser o representante da terceira via nessas eleições.

“Nós demos sustentabilidade ao governo, demos estabilidade para Minas Gerais. Eu sou de um partido que tem capilaridade nos 853 municípios de Minas. Eles dizem que toda cidade mineira há uma praça, uma igreja e um diretório do MDB. Assim é que vamos fazer essa marcha junto com todos esses partidos que vão dar a Minas uma nova opção, que não seja PT e PSDB”, afirmou.

Adalclever disse ainda que o projeto político encabeçado por Marcio Lacerda está mantido, inclusive o plano de governo será exatamente o mesmo. O ex-prefeito por sua vez, evitou falar sobre qual será exatamente seu papel na campanha. “A transferência de votos é uma decisão da população”, disse.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum