Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
12 de julho de 2019, 22h15

Advogado quer liberdade para militar preso com 39 quilos de cocaína no avião presidencial

O advogado Carlos Alexandre Klomfahs diz em petição enviada ao Supremo Tribunal Militar (STM) que seu cliente sofre "constrangimento ilegal" e pede soltura e a extradição de Rodrigues, que segue preso em Sevilha

Divulgação/Polícia da Espanha

O advogado do segundo-sargento Manoel Silva Rodrigues, preso na Espanha por traficar 39kg de cocaína em avião da FAB que fazia parte de comitiva presidencial, quer que o habeas corpus do militar. O argumento é de que a defesa “não teve acesso” ao número do Inquérito Policial Militar nem ao processo.

O advogado Carlos Alexandre Klomfahs, que chegou a afirmar que tudo não passava de uma armação, diz em petição enviada ao Supremo Tribunal Militar (STM) que seu cliente sofre “constrangimento ilegal” e pede soltura e a extradição de Rodrigues, que segue preso em Sevilha, na Espanha.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Na petição, Klomfahs também solicita a concessão de uma liminar para ter acesso aos autos e classifica que a atuação da Corte Militar “mitiga o direito de defesa constitucionalmente assegurado”. No dia 8, ele solicitou o número do processo e do IPM para se habilitar nos autos, como resposta obteve a circunscrição, a auditoria e o nome do juiz-auditor.

Polêmico, Klomfahs já atuou contra Lula pedindo a cassação do passaporte do ex-presidente antes de uma viagem para a Etiópia em razão de reunião da ONU, afirmando que Lula poderia pedir asilo político.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum