Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de julho de 2018, 09h44

Alckmin é notificado pelo MP a prestar depoimento sobre caixa 2

Os executivos da Odebrecht afirmaram que fizeram os pagamentos por meio de Adhemar César Ribeiro, cunhado de Alckmin

(Foto: Marcelo Camargo/ABr)

Os executivos da Odebrecht afirmaram que fizeram os pagamentos por meio de Adhemar César Ribeiro, cunhado de AlckminO ex-governador e presidenciável pelo PSDB, Geraldo Alckmin, foi notificado pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) a prestar depoimento no dia 15 de agosto. A acusação é de que ele teria recebido R$ 10,3 milhões de caixa dois da Odebrecht nas campanhas de 2010 e 2014 ao governo estadual.

Alckmin disse, nesta terça-feira (24), em São Paulo, não ter conhecimento da convocação para prestar depoimento, mas afirmou que, se chamado, comparecerá. “Prestarei todos os esclarecimentos. É dever de quem está na vida pública prestar contas cotidianamente de seus atos”, afirmou Alckmin.

Os executivos da Odebrecht Benedicto Barbosa da Silva Júnior, Armando Guedes Paschoal e Arnaldo Cumplido de Souza e Silva, afirmaram que fizeram os pagamentos por meio de Adhemar César Ribeiro, cunhado de Alckmin. Os valores teriam sido entregues a Marcos Antônio Monteiro que, segundo o MP, era diretor-presidente da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e coordenador financeiro da campanha do ex-governador à época.

Alckmin deixou o cargo no dia 6 de abril para fazer sua campanha ao Planalto. Com isso, perdeu o foro, e as investigações sobre ele, que estavam no Superior Tribunal de Justiça (STJ), foram remetidas para a primeira instância.

Como a investigação é no campo civil, por improbidade administrativa, a pena, em caso de condenação, não incluiria prisão, mas a perda de bens obtidos ilicitamente e dos direitos políticos, além do pagamento de multa.

Leia mais no Globo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum