Entrevista exclusiva com Lula
29 de novembro de 2019, 15h06

Após 28 anos, Weintraub anuncia saída do MEC do Mercosul por “falta de eficiência” na Educação

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou nesta sexta-feira (29) a saída do MEC do Mercosul, após 28 anos de parceria. De acordo com ele, “falta eficiência” e resultados práticos nas melhorias da Educação, mas que acordos bilaterais serão mantidos.

“A decisão do governo pela saída foi motivada pela falta de eficiência e resultados práticos que impactassem positivamente na melhoria de índices gerais da Educação, ao longo de 28 anos, mesmo com o investimento de recursos e presença política do Brasil”, escreveu o ministro no Twitter.
Weintraub relata ainda que convocou uma reunião com os países do bloco para comunicar a decisão de saída, mas apenas o Paraguai compareceu. “Argentina enviou apenas um representante e o Uruguai não esteve presente. Não rompemos relações com os vizinhos. O diálogo permanece e futuros acordos, que tragam entregas efetivas, poderão ser firmados bilateralmente”, disse.

Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum