Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de fevereiro de 2018, 18h58

Após críticas de Arthur Virgílio, Alckmin admite que é “meio jeca”

Governador de São Paulo rebateu as críticas do prefeito de Manaus, que desistiu de disputar as prévias do PSDB para presidência

“Ele foi extremamente injusto com o partido e injusto comigo”, afirmou Geraldo Alckmin – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), qualificou de injustas as críticas feitas pelo seu colega tucano e prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, à figura pessoal dele e ao processo para escolha do candidato do PSDB à presidência da República. Chamado de fingido, capaz de desfaçatez e de homem público pouco sincero por Virgílio, Alckmin rebateu.

Insatisfeito e afirmando que não irá disputar as prévias tucanas contra Alckmin, o prefeito disse que a eleição interna configuraria uma fraude. Nesta sexta-feira (23), Arthur Virgílio declarou que “Geraldo assumiu todo o seu lado de mediocridade, o lado de uma pessoa limitada, que até as piadas que conta são meio jeca”.

“Ele foi extremamente injusto com o partido e injusto comigo. Mas vamos em frente. A única verdade que ele falou é que eu sou meio jeca”, brincou o governador, segundo reportagem publicada na folha.uol.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum