sábado, 24 out 2020
Publicidade

Após duas semanas de atraso, Bolsonaro ainda não tem data para 2ª parcela do auxílio emergencial

Após duas semanas de atraso, o governo de Jair Bolsonaro ainda não divulgou a data para liberar a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 durante a pandemia do coronavírus.

Logo no início das inscrições para o programa, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, havia dito que a segunda parcela do benefício seria paga entre os dias 27 e 30 de abril, o que não ocorreu. A terceira parcela ficaria para os dias 26 e 29 de maio.

De acordo com o G1, o atraso na divulgação de um novo calendário seria resultado de falta de recursos, mas também uma tentativa do governo em evitar longas filas nas agências da Caixa.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.