Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
05 de fevereiro de 2020, 09h39

Bolsonarista, presidente da Fenabrave briga com números sobre venda de automóveis

Alarico Assumpção Jr. diz que está "confiante que o mercado vai continuar crescendo”. No entanto, números mostram queda tanto no número de emplacamentos quanto no número de produção de veículos no país

Alarico Assumpção, da Fenabrave, com Jair Bolsonaro e Ricardo Salles (Divulgação)

Apoiador de Jair Bolsonaro, o presidente da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), Alarico Assumpção Jr., brigou com os números em entrevista ao jornal Valor Econômico, quando diz que acredita que o coronavírus não deve afetar o fornecimento de peças para a indústria automotiva brasileira.

“Hoje, de cada dez fichas apresentadas [aos bancos para financiamento], sete são aprovadas. Em motos, esse número é de quatro em cada dez. Estamos confiantes que o mercado vai continuar crescendo”, afirmou ele, destacando a política de Paulo Guedes. “Juros baixo puxa venda de carros, alta do PIB a venda de caminhões e emprego o mercado de motos”, complementou.

Para embasar sua tese de “continuar crescendo”, Alarico cita dados do emplacamento de veículos, que teve queda de 26,32% em janeiro, comparado a dezembro – na comparação anual, a queda foi de 3,16%.

Dados divulgados nesta terça-feira (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF) mostra que a produção industrial teve queda de 1,1% em 2019.

A queda foi puxada principalmente na produção de bens duráveis – como automóveis – que está estagnada desde abril.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum