Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
26 de fevereiro de 2019, 14h38

Bolsonaro chama General Stroessner de estadista e não responde pergunta sobre censura

Bolsonaro se recusou a comentar a tentativa de censura do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, que buscou a Justiça, sem sucesso, para proibir o jornal Folha de S.Paulo de publicar reportagens sobre o laranjal do PSL

Bolsonaro na posse do novo presidente brasileiro de Itaipu (Reprodução/Twitter)

Em evento de posse do general Joaquim Silva e Luna, ex-ministro de Michel Temer (MDB), na presidência da usina de Itaipu nesta terça-feira (26), Jair Bolsonro (PSL) voltou a elogiar comandantes do regime militar no Brasil – a quem atribui o “mérito” da obra – e chamou o ditador paraguaio, general Alfredo Stroessner, de estadista.

“Isso tudo não seria suficiente se não tivesse, do lado de cá [paraguaio], um homem de visão, um estadista, que sabia perfeitamente que seu país, o Paraguai, só poderia prosseguir, progredir, se tivesse energia. Aqui também a minha homenagem ao nosso general Alfredo Stroessner”, declarou, sob palmas da plateia.

General do Exército, filho de alemães, Stroessner tomou o poder através de um golpe de estado no Paraguai em 1954 e ficou no poder até 1989.

Bolsonaro, no entanto, se recusou a comentar a tentativa de censura do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, que buscou a Justiça, sem sucesso, para proibir o jornal Folha de S.Paulo de publicar reportagens sobre o laranjal do PSL.

“Eu peço, por favor! Estamos tratando de uma questão de extrema importância para o nosso país. Outra pergunta, por favor”, disse Bolsonaro.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum