quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Bolsonaro coloca Damares e Weintraub em seu “pelotão de frente”

Em entrevista ao jornalista Fernando Rodrigues, do programa Poder em Foco, realizado pelo portal Poder 360 e exibido no SBT, o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre seus ministros, privatizações e reeleição. A conversa vai ao ar às 0h desta segunda-feira (22).

O Poder 360 divulgou um trecho nas redes onde Bolsonaro aparece elencando quais ministros estariam em seu “pelotão de frente”.  Apesar de prever que sua resposta causaria ciúmes, Bolsonaro destaca Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos, e Abraham Weintraub, da Educação

“Eu começo elogiando a Damares. É um Ministério que ninguém pediu para mim dado a quantidade de problemas que tem lá e o orçamento diminuto. Estava conversando com Paulo Guedes, ‘o orçamento da Damares, se eu dobrar eu não vou sentir nada, se ela pedir eu dobro’. […] O da Educação [Abraham Weintraub]. Quase 380 mil servidores. Também muitos militantes lá dentro, não é fácil você mexer na educação no Brasil”, declarou.

Questionado se agregaria mais algum nome, Bolsonaro citou Tarcísio Freitas, da Infraestrutura, e Ricardo Salles, do Meio Ambiente. “O Tarcísio, da Infraestrutura faz milagre. Em grande parte por que tem usado a estrutura do Exército Brasileiro para completar algumas rodovias, complementar algumas obras. A questão ambiental, do Ricardo Salles, é uma briga comercial. O pessoal precisa entender que é o comércio que está em jogo, o comércio no mundo”, disse.

O “superministro” da Justiça, Sérgio Moro, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, ficaram de fora da lista do presidente. Questionado por Rodrigues, ele elogiou Moro, mas não disse se ele estaria no “seleto grupo” que tem Damares, Weintraub, Tarcísio e Salles.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.