Entrevista exclusiva com Lula
29 de julho de 2019, 18h10

Bolsonaro contradiz Comissão da Verdade e afirma que grupo de esquerda matou pai do presidente da OAB

“Não foram os militares que mataram ele não, tá? É muito fácil culpar os militares por tudo o que acontece”, declarou o presidente

Bolsonaro (Foto: Reprodução/Facebook)

Durante transmissão ao vivo, nesta segunda-feira (29), em sua página no Facebook, enquanto cortava o cabelo, Jair Bolsonaro declarou que não foram os militares que mataram o pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz.

O presidente contradisse as conclusões da Comissão Nacional da Verdade e afirmou que Fernando Santa Cruz, que fazia parte do grupo de esquerda Ação Popular (AP) e desapareceu durante a ditadura militar, foi assassinado por “justiçamento da esquerda”.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Segundo relatório da Comissão Nacional da Verdade (CNV), Santa Cruz teria sido enterrado por militares em São Paulo.

Em outra versão, um ex-delegado do Departamento de Ordem Política e Social (Dops) afirmou, em 2012, que incinerou dez corpos de militantes executados pelos militares em 1973. Em depoimento ao livro “Memórias de uma guerra suja”, Cláudio Antônio Guerra citou Fernando Santa Cruz na lista dos corpos que queimou.

Crítica

Mais cedo, Bolsonaro tinha criticado o presidente da OAB e afirmado que, se Felipe Santa Cruz quisesse, ele poderia dizer como o pai desapareceu durante o regime ditatorial.

“Não foram os militares que mataram ele não, tá? É muito fácil culpar os militares por tudo o que acontece”.

O presidente declarou, ainda, que integrantes da Ação Popular no Rio de Janeiro teriam sido responsáveis pelo desaparecimento de Fernando Santa Cruz, que pertencia ao grupo em Recife.

“E o pessoal da AP do Rio de Janeiro ficou… primeiro, ficaram estupefatos, né? Como é que pode esse cara vir do Recife se encontrar conosco aqui? O contato não seria com ele, seria com a cúpula da Ação Popular do Recife. E eles resolveram sumir com o pai do Santa Cruz. Essa é a informação que eu tive na época. É sobre esse episódio. Porque, qual é a tendência? ‘Se ele sabe, nós não podemos ser descobertos’… Existia essa guerra naquele momento”, tentou justificar Bolsonaro.

Assista à íntegra do vídeo:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum