Bolsonaro em jantar com empresários: “Doria é vagabundo, caralho”

Presidente também atacou o PT e ouviu de um dos participantes: “o Brasil não volta para ladrão e vagabundo”

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), atacou mais uma vez o governador de São Paulo, João Doria, durante encontro com empresários, nesta quarta-feira (7), na casa de Washington Cinel, fundador da Gocil, no Jardim América, em São Paulo.

“O governador de vocês é um vagabundo, caralho”, disse o presidente em discurso para os convidados. De acordo com pessoas que foram ao evento, Bolsonaro teria dito ainda: “O vizinho aqui de vocês é um vagabundo”, se referindo à residência de Doria que fica no Jardim Europa, perto do local onde foi o jantar.

Ele disse ainda que Doria é um destruidor de vidas e que está acabando com os empregos, com o comércio e fechando restaurantes.

Os xingamentos foram confirmados para a coluna de Mônica Bergamo por mais de um empresário. Os relatos coincidem.

Em outro momento do jantar, Bolsonaro ainda resolveu atacar o PT e, mais uma vez, teria recebido apoio dos presentes. Segundo o presidente, se Fernando Haddad tivesse ganhado a eleição de 2018 “o Brasil teria afundado e virado um caos”, como se não fosse exatamente essa a situação do país.

“Estamos com o senhor. O Brasil não volta para ladrão e vagabundo”, teria respondido um dos empresários.

Com informações da coluna de Mônica Bergamo

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta.

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR