Fórumcast, o podcast da Fórum
16 de setembro de 2019, 08h31

Bolsonaro faz críticas a Felipe Neto e apaga: “Eles temem, evitam ao máximo me responder”, diz o blogueiro

A cautela de Bolsonaro não é para menos. Felipe Neto é maior nas redes do que ele e os três filhos juntos

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) apagou, no início da noite deste domingo (15), o tuíte em que reagia às postagens sobre uma entrevista dada pelo YouTuber, Felipe Neto, ao jornal Valor Econômico. O presidente publicou três emojis de rostos “chorando de rir”, às 18h36. Em menos de cinco minutos, porém, a mensagem já não constava mais em seu perfil.

A cautela de Bolsonaro não é para menos. Felipe Neto é maior nas redes do que ele e os três filhos juntos. Até as 19h15, Felipe Neto contabilizava 9.520.513 seguidores no Twitter, cerca de mil a mais que Bolsonaro e os três filhos somados, Carlos, o senador Flávio (PSL-RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Sobre Bolsonaro e seu governo, o YouTuber, como sempre, não poupou palavras:

“O Bolsonaro em si não governa nada, ele é uma alegoria, um mascote do reacionarismo e da burrice obscurantista e conspiratória idealizada pelo Olavo de Carvalho. O Brasil hoje é um arremedo de ministros incompetentes tentando estampar os jornais. A ministra da Agricultura é uma lobista do agronegócio e defensora de todos os agrotóxicos do planeta; o do Meio Ambiente nega o aquecimento global e acredita na teoria globalista de controle; o da Economia quer recriar a CPMF; o da Educação não consegue escrever três frases sem errar o português; a dos Direitos Humanos odeia minorias e quer estabelecer sua própria noção de moral a todos os demais; o de Relações Exteriores acredita que o nazismo é de esquerda e consegue passar vergonha internacional em um seminário de conservadores. O Brasil virou uma piada mundial. Os outros países olham para nós com pena do que nos transformamos, e com razão. É impossível dar nota para o governo Bolsonaro porque não há governo, há apenas um circo infestado de palhaços sem a mínima graça.”

A virulência dos comentários de Felipe Neto a Bolsonaro, seus filhos e seguidores contrasta com a reação do clã. Perguntado se acha que eles têm medo do seu poder de fogo, ele também é claro: “Acredito que temem, tanto que evitam ao máximo me responder. Eu não fico medindo para ver quem tem o poder de fogo maior, eu apenas quero continuar postando coisas na luta pela democracia, pela união e pelo amor. E eu sei que, no fim, quem luta por essas causas vencerá, porque o ódio, a opressão e a censura nunca serão vencedores”, encerrou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum