Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de março de 2019, 15h53

Bolsonaro leva seis horas para se pronunciar sobre massacre em escola de Suzano

A Secretaria de Comunicação do Governo Federal, em meio ao silêncio do presidente, divulgou uma nota tímida sobre o ataque a arma de fogo que vitimou 10 pessoas; presidente, após seis horas de omissão, prestou condolências

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Responsável pelo decreto baixado em janeiro que facilitou a posse de arma de fogo no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro levou seis horas para se pronunciar  sobre o massacre em uma escola estadual de Suzano (SP). Efetuados por dois ex-estudantes, os disparos aleatórios deixaram 10 pessoas mortas, contando com os dois atiradores, que se suicidaram.

O ataque ocorreu por volta das 10h da manhã. Às 16h01, Bolsonaro tuitou: “Presto minhas condolências aos familiares das vítimas do desumano atendado ocorrido hoje na Escola Professor Raul Brasil, em Suzano, São Paulo. Uma monstruosidade e covardia sem tamanho. Que Deus conforte o coração de todos!”.

Alinhado com o pai, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), que até então também não havia comentado o assunto, fez uma postagem quase que simultânea à de Bolsonaro. “Meus sentimentos a todos os familiares das vítimas covardemente assassinadas no colégio em Suzano. Mais uma tragédia protagonizada por menor de idade e que atesta o fracasso do malfadado estatuto do desarmamento, ainda em vigor”.

A Secretaria de Comunicação do Governo Federal, por volta das 15h30, divulgou uma nota oficial curta e genérica sobre o atentado em que lamenta as mortes e se coloca à disposição para ajudar na apuração dos fatos.

Confira a íntegra.

Mais uma vez, nosso país é abalado por uma grande tragédia.

O Governo Federal manifesta seu profundo pesar com os fatos ocorridos na cidade de Suzano, em São Paulo, apresentando suas condolências e sinceros sentimentos às famílias das vítimas de tão desumana ação.

Ao Estado de São Paulo, colocamos nosso total apoio para auxiliar na
apuração dos fatos.

Brasília-DF, 13 de março de 2019.

SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

*Matéria atualizada às 16h11 desta quarta-feira (13) para acréscimo de informações 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum