Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de janeiro de 2020, 17h57

Bolsonaro quer energia elétrica sem fio em Roraima

Especialistas questionaram a viabilidade do projeto comentado pelo presidente

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro declarou em conversa com jornalistas na saída do Palácio da Alvorada nesta sexta-feira (3) que irá aos Estados Unidos conversar com empresários com o objetivo de avaliar a implementação de um sistema de transmissão de energia elétrica para o estado de Roraima que não utilizaria cabos de alta tensão. A fala foi bastante criticada por especialistas.

“Em fevereiro vou estar nos Estados Unidos, vou lá visitar empresários, que são militares… vão me apresentar transmissão de energia elétrica sem meios físicos. Se for real, de acordo com a distância, que maravilha! Vamos resolver o problema de energia elétrica de Roraima passando por cima da floresta”, declarou o ex-capitão.

Em conversa com a agência Reuters, pesquisadores criticaram a “solução” encontrada pelo presidente para resolver a questão da energia elétrica em Roraima, que depende muito das linhas de transmissão da Venezuela.

“Simplesmente você evita fazer uma subestação, mas se não tem uma linha de transmissão de alta tensão você não consegue fazer nada”, afirmou o pesquisador Dorel Ramos, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). Segundo ele, a tecnologia existente permite a transmissão de energia elétrica pela indução, mas depende de fiação.

“Não é uma transmissão sem fio ampla, geral e irrestrita… Roraima é um Estado, não é uma pequena carga, e ‘sem meio físico’ é forma de falar”, completou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum