Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de julho de 2019, 18h59

Bolsonaro volta a criticar Inpe por dados sobre desmatamento: “propaganda negativa”

Enquanto o presidente continua com críticas, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) divulgou nota apoiando o INPE.

Bolsonaro (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Desde que o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) divulgou dados preocupantes sobre o desmatamento da floresta amazônica, Jair Bolsonaro trava críticas ao órgão e ao diretor Ricardo Galvão. Nesta sexta-feira (19), Bolsonaro disse que os dados não condizem com a realidade e “prejudicam o nome” do Brasil. Neste domingo (21), novamente reforçou a colocação, em entrevista à imprensa em Brasília.

De acordo com matéria de Mariana Haubert e Giovana Girardi, do Estado de S.Paulo, Bolsonaro declarou deveriam ser tratados internamente com o Ministro do Meio Ambiente antes de divulgar amplamente. “No mínimo, se o dado fosse alarmante, ele [Galvão] deveria, por questão de responsabilidade, respeito e patriotismo procurar o chefe imediato, no caso o ministro e [dizer]: ‘olha ministro, temos uns dados aqui, a gente divulgar, porque devemos divulgar, o senhor se prepare porque vai ter alguma uma crítica’. Assim que deve ser feito e não de forma rasa como ele faz, que coloca o Brasil em situação complicada. Um dado desse aí, da maneira de divulgar, prejudica a gente”, disse o presidente.

Defesa da comunidade científica

No sábado (20), Ricardo Galvão rebateu os comentários: “Ele fez comentários impróprios e sem nenhum embasamento e fez ataques inaceitáveis não somente a mim, mas a pessoas que trabalham pela ciência desse País”. Enquanto isso, hoje o Conselho Superior da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) divulgou um manifesto em apoio ao INPE. O documento é assinado pelo presidente da entidade, o físico Ildeu Moreira, e diz que as críticas de Bolsonaro são “sem fundamento”, “ofensivas, inaceitáveis e lesivas ao conhecimento científico”. O texto também ressalta que “Em ciência, os dados podem ser questionados, porém sempre com argumentos científicos sólidos, e não por motivações de caráter ideológico, político ou de qualquer outra natureza”.

Confira a nota na íntegra:

O Conselho da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – SBPC, em reunião realizada no dia 20/07/2019, deliberou por unanimidade manifestar seu apoio integral ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE, dirigido pelo Dr. Ricardo Galvão, face às críticas do trabalho do INPE de monitoramento do desmatamento da Amazônia brasileira, apresentadas em entrevista à imprensa internacional pelo Presidente da República, Sr. Jair Messias Bolsonaro.

Conforme carta das principais entidades nacionais representativas da ciência brasileira, enviada ao Presidente Bolsonaro no dia 10/07/2017 (OF. ABC-97/2019), a ciência produzida pelo INPE está entre as melhores do mundo em suas áreas de atuação, graças a uma equipe de cientistas e técnicos de excelente qualificação, e presta inestimáveis serviços ao País. O Diretor do INPE, Dr. Ricardo Galvão, é um cientista reconhecido internacionalmente, que há décadas contribui para a ciência, tecnologia e inovação do Brasil. Críticas sem fundamento a uma instituição científica, que atua há cerca de 60 anos e com amplo reconhecimento no País e no exterior, são ofensivas, inaceitáveis e lesivas ao conhecimento científico.

Em ciência, os dados podem ser questionados, porém sempre com argumentos científicos sólidos, e não por motivações de caráter ideológico, político ou de qualquer outra natureza. Desmerecer instituições científicas da qualificação do INPE gera uma imagem negativa do País e da ciência que é aqui realizada. Reafirmamos nossa confiança na qualidade do monitoramento do desmatamento da Amazônia realizado pelo INPE, conforme a carta anteriormente enviada ao Presidente da República, e manifestamos nossa preocupação com as ações recentes que colocam em risco um patrimônio científico estratégico para o desenvolvimento do Brasil e para a soberania nacional.

Ildeu de Castro Moreira
Presidente da SBPC


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum