Boulos: “É escandalosa a admissão do pedido de cassação do registro do PT”

Além do líder do MTST, o presidente do PSOL e outras figuras do campo da oposição também criticaram o parecer da Procuradoria-Geral Eleitoral

O líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, criticou na tarde deste sábado (4) o parecer favorável dado pelo vice-procurador-geral eleitoral Renato Brill de Goés a um processo que pede a extinção do Partido dos Trabalhadores (PT).

“É escandalosa a admissão do pedido de cassação do registro do PT pelo vice procurador-geral eleitoral. É uma tentativa grotesca de intimidar toda a oposição a Bolsonaro e fragilizar ainda mais a democracia brasileira. Onde querem chegar?”, escreveu o candidado do PSOL nas últimas eleições presidenciais.

Além de Boulos, outras figuras do campo progressista se manifestaram contra o processo. “A admissibilidade, pelo vice-procurador-geral eleitoral, de pedido de cancelamento do registro do PT é absurdo. Há entendimento consolidado no TSE de que nenhum partido responderá pelos ilícitos de seus dirigentes. Decisão inaceitável que precisa ser amplamente repudiada”, disse o presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros.

O ex-senador Roberto Requião, do MDB, também lamentou a medida. “A canalha quer acabar com o PT. Não com o vírus. Momento terrível e triste da história do nosso Brasil”, tuitou.

No final da tarde deste sábado, o partido se manifestou por meio de duas notas apontando que a denúncia tem “caráter opinativo” e político, carece de provas e é uma tentativa de calar a oposição.

“É ultrajante e fantasiosa a admissibilidade pelo vice-procurador-geral eleitoral Renato Brill de Goés de pedido para cancelamento do registro do Partido dos Trabalhadores junto à Justiça Eleitoral. Não há provas e nem indícios de que o PT tenha recebido recursos oriundos do exterior, o que nunca aconteceu. A decisão é arbitrária e política, sem amparo em fatos ou na realidade”, diz a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR