Fórumcast, o podcast da Fórum
07 de julho de 2019, 12h44

Carlos Bolsonaro faz pergunta medíocre sobre aquecimento global e leva “invertida” nas redes

"Só por curiosidade: quando está quente a culpa é sempre do possível aquecimento global e quando está frio fora do normal como é que se chama?", questionou, em tom irônico, o vereador; internautas se dividiram entre fazer chacota e explicar o fenômeno ao 'pitbull' da família Bolsonaro

Reprodução/Twitter

Em mais um de seus insights anti-ciência e globalismo, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), fez uma pergunta medíocre sobre aquecimento global, que ele e sua família negam, e foi alvo de “invertidas” de internautas nas redes sociais.

Pelo Twitter, neste domingo (7) em que as temperaturas registraram baixa na maior parte do país, o “pitbull’ da família Bolsonaro perguntou em tom irônico: “Só por curiosidade: quando está quente a culpa é sempre do possível aquecimento global e quando está frio fora do normal como é que se chama?”.

A postagem de Carlos vai de encontro ao pensamento do governo de seu pai, que adota uma postura contrária com relação à questão climática que a maioria dos países do G20 e que são signatários do Acordo de Paris.

Internautas, então, se dividiram entre fazer chacota do vereador e explicar o fenômeno que é comprovado pela ciência.

“Porra Carlos, existe uma diferença enorme entre correntes de ar frio (fenômenos regionais e temporários), e aquecimento global (que é o aumento da temperatura média GLOBAL). Uma diferença enorme entre inverno e perder 252 bilhões de toneladas de gelo por ano. Procura uma intensivo”, escreveu, pacientemente, um usuário do Twitter.

A escritora Elika Takimoto foi ainda além. “O aquecimento global perturba as correntes atmosféricas. Com o aumento da emissão de gases de efeito estufa, temos um aumento de retenção de energia nos oceanos e na atmosfera. O efeito é um aumento na intensidade do clima, seja de frio ou de calor. Espero ter ajudado”.

Outros, no entanto, não tiveram a mesma paciência.

Confira a repercussão.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum