Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
05 de fevereiro de 2020, 14h40

Cartórios, que trabalham de graça para partido de Bolsonaro, têm lucro recorde de R$ 15,9 bi em 2019

Colégio Notarial do Brasil, entidade que representa nacionalmente os cartórios, tem trabalhado intensamente - e de graça - para viabilizar o Aliança Pelo Brasil, de Bolsonaro, como partido. "Donos" de cartórios recebem acima do teto constitucional, de R$ 39,3 mil mensais

Foto: Reprodução

Liberados pelo ministro Humberto Martins, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) a trabalharem de graça para captar assinaturas para criação do Aliança pelo Brasil, partido de Jair Bolsonaro, os cartórios registraram um faturamento recorde, de R$ 15,9 bi, em 2019, segundo levantamento feito pelo site Poder 360 com dados do próprio CNJ.

PT, PSB, PDT, PSOL e PCdoB haviam recorrido à Justiça após o Colégio Notarial do Brasil, entidade que representa nacionalmente os cartórios, orientar que fichas de filiação ao APB fossem fornecidas pelos tabelionatos e enviadas a representantes do futuro partido após assinadas. Para as legendas, a prática pode representar improbidade administrativa.

“Reconheça firma da sua assinatura por autenticidade ou semelhança. Atenção: a maioria dos cartórios de notas estão coletando as fichas para depois entregar ao Responsável autorizado da Aliança pelo Brasil no seu estado ou cidade. Caso o cartório não queira ficar com a ficha, tudo bem, vá a uma agência dos Correios e encaminhe para nossa Caixa Postal”, diz a entidade em seu site.

Salário acima do teto
Segundo a reportagem, os notários, que têm uma espécie de concessão para administrar os cartórios, recebem frequentemente acima do teto constitucional de R$ 39,3 mil. Já os interinos (sem concurso), que comandam os cartórios vagos, são proibidos de receber acima do teto.

Dos 23.128 cartórios no Brasil, 9.370 são ocupados por interinos (40,5%). As serventias vagas arrecadaram R$ 2,6 bilhões no ano passado.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum