Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de fevereiro de 2020, 16h34

Ciro Gomes: se alguém atirou, foi estimulado por “Bolsonaro e sua família de canalhas”

“Nós temos um momento de destruição do Estado de Direito democrático, liderado por um presidente boçal”, disse ainda

Foto: Reprodução

O ex-candidato à presidência, Ciro Gomes, soltou vídeo nesta terça-feira (25) onde afirma, em entrevista coletiva que o caso do seu irmão, o senador Cid Gomes, que foi baleado por policias amotinados, não está isolado do que está acontecendo no Brasil. “Nós temos um momento de destruição do Estado de Direito democrático, liderado por um presidente boçal, canalha, de uma família de canalhas”.

Ciro disse ainda que, “se algum policial atirou, apertou o gatilho, ele não faria isso se não fosse esse clima de absoluto desrespeito às regras, à convivência democrática, que é absolutamente, claramente estimulado pelo presidente Jair Bolsonaro e pela sua família de canalhas”.

Ciro agradeceu a todas as orações pelo reestabelecimento do seu irmão. “Ele nasceu de novo. Levou dois tiros de bala ponto 40 e, brincando agora, ele tem o osso duro”.

Ele disse ainda que “uma das balas já caiu fora, não penetrou o osso, e a outra bateu numa costela, resvalou sem ferir nem um órgão mais grave e parou na base do pulmão. Essa última ainda está ali alojada, mas os médicos estão avaliando a probabilidade de não retirá-la, porque ela está estável e sem oferecer, neste momento, nenhum risco”, disse.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum