Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de julho de 2016, 17h08

Comissão aprova projeto de lei que retira exclusividade da Petrobras no pré-sal

O texto de autoria de José Serra retira a obrigatoriedade de atuação da Petrobras como operadora única de todos os blocos contratados pelo regime de partilha de produção em áreas do pré-sal

Por Redação*

A Comissão Especial da Petrobras e Exploração do Pré-Sal concluiu há pouco a votação do Projeto de Lei 4567/16, que retira a obrigatoriedade de atuação da Petrobras como operadora única de todos os blocos contratados pelo regime de partilha de produção em áreas do pré-sal.

Todos os destaques que propunham mudanças no projeto foram rejeitados por maioria.

Ao final, a comissão confirmou o relatório do deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), que defendeu a aprovação do projeto original. O texto é de autoria do senador licenciado, e atual ministro das Relações Exteriores, José Serra.

A proposta será votada agora no Plenário da Câmara dos Deputados, na próxima semana. Caso seja aprovado sem alterações, o projeto vai para a sanção presidencial. Se houver mudança, a proposta retorna ao Senado, que dará a palavra final.

A aprovação foi antecedida de oposição de deputados do Psol, PT e PCdoB. Em menor número, os três partidos não conseguiram adiar a votação ou rejeitar o parecer de Aleluia. “Com esse projeto, Petrobras vai ficar de fora do pré-sal”, disse o deputado Henrique Fontana (PT-RS). Os oposicionistas deverão obstruir a votação do projeto no Plenário.

Apesar de afirmar que prefere as propostas apensadas ao PL 4567 – PLs 4973/13, 6726/13 e 600/15 – que mudam mais a legislação com alteração, por exemplo, do regime de partilha para retorno ao regime de concessão, o deputado Aleluia recomendou a rejeição destes textos. De acordo com o relator, o projeto de Serra, que já passou pelo Senado, tem maior possibilidade de virar lei.

*Com informações da Agência Câmara


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum