Fórumcast, o podcast da Fórum
28 de fevereiro de 2019, 16h21

Comissão Oito de Março Unificada convoca manifestação em Santos

A manifestação, que terá várias atividades culturais, será pela vida das mulheres, contra a reforma da Previdência e a retirada de direitos

A Comissão Oito de Março Unificada da Baixada Santista convoca para concentração pela vida das mulheres, contra a reforma da Previdência e a retirada de direitos. O evento acontece na sexta-feira (8), com várias atividades a partir das 16h, na Estação da Cidadania, que fica na avenida Ana Costa esquina avenida Francisco Glicério, em Santos (SP).

A saída da Marcha está prevista para às 19 horas.

Mulheres trabalhadoras, estudantes, indígenas, quilombolas, caiçaras, ribeirinhas e ciganas se encontrarão para se organizar nas diversas alas que representam as bandeiras de luta do movimento feminista.

 

Foto: Reprodução

 

* Contra o Feminicídio e Política de Armamento

* Marielle Vive! Combate à criminalização dos movimentos sociais e partidos políticos de esquerda

* Defesa da Previdência Social e dos Direitos Trabalhistas

* Diversidade Sexual, combate à LGBTfobia

* Vidas Negras importam, Enfrentamento ao Racismo

* Povos tradicionais (indígenas, ribeirinhos, caiçaras, quilombolas e ciganos)

* Meio ambiente e as vítimas das mineradoras

* Mães, Crianças e Adolescentes

 

Programação Cultural

 

A partir das 16 horas (Estação da Cidadania)

– Oficinas (confecção de cartazes e estampa em camisetas);- Exposição de Fotos (Lentes Nagô)

– Projeção de vídeos

– Varais Livres (poesia, protestos, desenhos, músicas, frases etc.)

– Slam e mulheres da batalha do caos

–  Apresentação do Grupo Tsara Romai de Mulheres Ciganas

– Grafite

 

Praça da Independência

 

– Apresentação de capoeira

– Performance com Bambolê

– Performance com sinalizador

 

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum