Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
12 de novembro de 2019, 14h52

Cristovam Buarque fala em “propriedade de escravos como cláusula pétrea” e vai parar nos TTs do Twitter

"Perguntas brasileiras: E se nossa primeira Constituição tivesse colocado a propriedade de escravos como cláusula pétrea, por sua importância fundamental na economia da época?", indagou Cristovam numa crítica indireta e infeliz à decisão do STF

O ex-senador Cristovam Buarque (PDT-DF) (Arquivo)

Em franca decadência no meio progressista há anos, a ponto de não conseguir a reeleição em 2018, o ex-senador Cristovam Buarque (PDT-DF) não cansa de perder eleitores com declarações e atitudes pouco condizentes com a própria história e a da sigla que faz parte.

Nesta terça-feira (12), Cristovam foi parar nos trending topics do Twitter após fazer uma esdrúxula comparação indagando sobre a possibilidade de se  ter a “propriedade de escravos como cláusula pétrea da Constituição”, para continuar as críticas sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que derrubou a prisão após condenação em segunda instância.

“Perguntas brasileiras: E se nossa primeira Constituição tivesse colocado a propriedade de escravos como cláusula pétrea, por sua importância fundamental na economia da época?”, indagou Cristovam.

A publicação recebeu uma enxurrada de críticas.”Lamentável”. “Ele não se cansa”. “Não seja leviano”. “Como tu é medíocre”. Essas foram algumas das frases escritas pelos seguidores nos comentários.

“Decepção é o sentimento que tenho com o Sr. meu primeiro voto para presidente e hoje leio mensagens como essas. Uma pena”, tuitou Bruno Santana, seguido de vários outros eleitores que se arrependeram do voto no Senador.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum