#Fórumcast, o podcast da Fórum
16 de outubro de 2019, 09h30

Crivella dá calote de R$ 230 milhões no BNDES enquanto anuncia obras de R$ 400 milhões para ano eleitoral

O valor total da dívida é de R$ 400 milhões, mesma quantia das obras de conservação anunciadas pelo prefeito nesta semana e que serão finalizadas às vésperas das eleições

Marcelo Crivella. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, deixou de pagar ao BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento) uma parcela de R$ 230 milhões no mês passado. Valor se refere aos juros de uma dívida da prefeitura com o banco. Nessa segunda-feira (14), o prefeito anunciou obras de R$ 400 milhões na área de conservação, que devem ser concluídas em outubro do ano que vem, em às vésperas das eleições.

Uma vez que os pagamentos forem retomados, o Banco disse em nota que poderá renegociar os valores. Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, a dívida soma R$ 400 milhões, mesma quantia anunciada para investimentos em obras de infraestrutura na cidade.

Depois do calote, o prefeito tenta agora negociar com o governo de Jair Bolsonaro o adiamento para fevereiro do pagamento das prestações que iriam de outubro a dezembro.

Em nota, a Prefeitura do Rio disse que “sempre honrou todos os pagamentos de dívida pública rigorosamente em dia. Entretanto, vem solicitando desde 2017 junto ao BNDES um refinanciamento da atual dívida, cujos pagamentos estão totalmente concentrados nesses quatro anos da atual administração. A Prefeitura pleiteia junto ao banco que as parcelas de outubro de 2019 a janeiro de 2020 sejam pagas, com a devida correção, em fevereiro de 2020”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum