Entrevista exclusiva com Lula
17 de novembro de 2019, 19h24

“Cultura pra eles é coisa de comunista, mas cultura pra gente é libertação”, diz Lula em Recife

Lula fez um discurso especial ao povo nordestino, lembrando especialmente as conquistas de seu governo na educação. O ex-presidente também voltou a exigir um julgamento justo para o seu caso

Foto: Ricardo Stuckert

Neste domingo (17), o ex-presidente Lula esteve presente no Festival Lula Livre, em Recife, e fez um pronunciamento especial ao povo nordestino. De mãos dadas com Lia de Itamaracá, Lula também fez breves críticas ao governo de Jair Bolsonaro, assim como o ex-juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol.

“Cultura pra eles é coisa de comunista. Mas cultura pra gente é libertação. É educação e conhecimento”, disse o ex-presidente. “Eles estão destruindo o país em nome do que? Estão destruindo os empregos em nome do que? Estão alimentando o ódio em nome do que? Estão alimentando a milícia em nome do que? A Globo alimenta a mentira em nome do que?”, continuou. “Não quero privilégio, quero que julguem meu processo”, disse.
Em seguida, Lula lembrou as conquistas de seu governo para os mais pobres, em especial a expansão das universidades federais pelo país. “Vocês não sabem a alegria que tive quando inaugurei a Universidade Federal do ABC. E a primeira pessoa a se inscrever na UFABC foi uma pernambucana de Recife que foi fazer engenharia”, afirmou, sendo logo ovacionado pelo público.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum