Dallagnol pediu a Raquel Dodge para lhe socorrer da Vaza Jato

Acuado por ter investigado o ministro Dias Toffoli, Deltan tentou, sem êxito estabelecer uma ponte com o Supremo para acalmar os ânimos. Procuradora geral lavou as mãos

O cerco dos procuradores da Operação Lava Jato ao ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), está rendendo dores de cabeça ao procurador Deltan Dallagnol. A coluna Painel da edição deste domingo (4) da Folha de São Paulo revela que integrantes da força-tarefa da Lava Jato pediram ajuda à procuradora geral da República, Raquel Dodge. Preocupado com a dimensão que o caso tomou, Dallagnol pediu para conversar com ministros do Supremo para se explicar.

A chefe dos procuradores não levou o caso adiante e disse aos emissários de Dallagnol que tal conversa era desnecessária. Nos bastidores do Supremo, comenta-se que Dodge não tem qualquer interesse em comprar esse barulho da Lava Jato, atraindo para a PGR a fúria dos ministros do Supremo incomodados com as mensagens de Dallagnol com colegas da procuradoria e o ministro Sergio Moro (Justiça).

O lado mais fraco

Em conversas entre si, os ministros têm debatido bastante o cerco a Toffoli e sua mulher. Um deles se disse, segundo a coluna, impressionado com a falta de liturgia com que o endereço do colega foi repassado a investigadores da primeira instância pelo gabinete do então procurador geral Rodrigo Janot. Um subprocurador-geral disse à Folha que “em todas as vezes que viu a magistratura entrar em choque com a Procuradoria, foi o segundo grupo quem saiu chamuscado”.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR