Dallagnol será julgado por abuso de poder por Power Point contra Lula

Julgamento da ação, proposta pela defesa de Lula, foi pautado para a próxima terça-feira (7) no Conselho Nacional do Ministério Público, presidido pelo Procurador-Geral da República, Augusto Aras

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), presidido pelo Procurador-Geral da República (PGR) Augusto Aras, vai julgar na próxima terça-feira (7) uma ação em que Deltan Dallagnol, chefe da Lava Jato, é acusado de abuso de poder na apresentação de um Power Point contra o ex-presidente Lula, em 2016.

A ação foi proposta pelo advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, que argumenta que a acusação sequer fazia parte da denúncia do triplex, que havia sido protocolada no mesmo dia da entrevista coletiva e era objeto da conversa dos procuradores com a imprensa.

“Eles infringiram os deveres funcionais”, disse Zanin à coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo, nesta quinta-feira (2).

A denúncia de organização criminosa contra Lula foi apresentada depois pelo então procurador-geral da República Rodrigo Janot à Justiça. Lula foi absolvido dela no ano passado pela 12a Vara Federal de Brasília.

A decisão é definitiva já que o próprio Ministério Público Federal não recorreu.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.