Fórumcast, o podcast da Fórum
24 de agosto de 2017, 21h14

Defesa de Lula alega caráter político e pede rejeição de denúncia sobre sítio

Advogados do ex-presidente afirmam que não há provas ou indícios mínimos que sustentem a denúncia feita pelo Ministério Público Federal.

Advogados do ex-presidente afirmam que não há provas ou indícios mínimos que sustentem a denúncia feita pelo Ministério Público Federal.

Da Redação*

Apesar de não haver indícios mínimos que sustentem a denúncia contra Luiz Inácio Lula da Silva, no caso do sítio em Atibaia, o pessoal de Curitiba continua na cola do ex-presidente. Mesmo assim, os advogados solicitaram, em documento protocolado na Justiça, nesta quinta-feira (24), que Sergio Moro reconsidere e rejeite a denúncia, alegando que a acusação tem um nítido caráter político.

A defesa de Lula aponta que não existe nenhuma prova de irregularidade e que o Ministério Público Federal (MPF) não conseguiu descrever de forma clara e pormenorizada as “condutas criminosas”. Além disso, os representantes legais do ex-presidente criticaram o fato da denúncia se basear em delações premiadas.

Os advogados também fazem alguns pedidos a Moro, como ter acesso a determinados documentos e a realização de perícias, e solicitam que 59 novas testemunhas sejam intimadas.

*Com informações do G1

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula/Fotos Públicas


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum