Dino prega união progressista contra “apartheid” de Bolsonaro: “É tempo de caminhar com Mandela”

Para Flávio Dino, é preciso focar mais no futuro dos cidadãos do que o “julgamento” de erros do passado. "Lulistas, trabalhistas, socialistas, comunistas, verdes, social-democratas, todos têm um grande papel"

Em artigo no jornal O Globo nesta quinta-feira (23), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), prega uma “união progressista” contra o “apartheid” representado pelo projeto de Jair Bolsonaro, armando uma “generosa tenda a acolher diversas correntes políticas”.

“Nenhuma diferença entre nós é mais importante do que defender o Brasil do apartheid representado pelo projeto bolsonarista. É tempo de caminhar com Mandela”, diz o governador maranhense, que surge como um dos mais fortes pré-candidatos progressistas às eleições presidenciais de 2022.

No texto, Dino afirma que “sem renunciar a identidades históricas, precisamos unir e ampliar forças para proteger a nossa Nação, a democracia, os direitos sociais, a cultura e o meio ambiente”.

“Para uma nova estratégia capaz de superar o interregno em uma boa direção, é essencial ampliar a audiência do pensamento progressista, alcançando homens e mulheres não engajados em movimentos ou partidos. Este é o mais importante “centro” a ser alcançado”.

Ele afirma ainda que é preciso focar mais no futuro dos cidadãos do que o “julgamento” de erros do passado. “Necessitamos de uma ampla união progressista que livre o Brasil do bolsonarismo. Lulistas, trabalhistas, socialistas, comunistas, verdes, social-democratas, todos têm um grande papel. Não podem, nem devem, deixar de existir. A questão é mais simples: abrir portas e janelas para deixar os ventos da Pátria varrerem mágoas”.

Leia o artigo na íntegra

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR