Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de julho de 2019, 22h22

Diplomata, Marcelo Calero dispara contra fala de Bolsonaro sobre embaixadores brasileiros

"Mesquinho e deplorável", disse o deputado federal do Cidadania, que já atuou na embaixada brasileira no México, sobre a declaração de Bolsonaro, ao defender o filho, de que embaixadores brasileiros nos EUA "não fizeram nada de bom desde 2003"

Foto: EBC

O deputado federal Marcelo Calero (Cidadania-RJ) usou sua conta do Twitter, nesta quarta-feira (17), para reagir à declaração de Jair Bolsonaro sobre embaixadores brasileiros nos Estados Unidos.

Além de ministro da Cultura no governo Temer, o parlamentar é diplomata por formação e já atuou na embaixada brasileira no México.

“Inadmissível o ataque de Jair Bolsonaro aos valorosos Embaixadores q serviram nos EUA. É mesquinho e deplorável que, em defesa da imoral nomeação de seu filho, Bolsonaro se preste a esse papel odioso de ferir a reputação de servidores públicos honrados e a do Itamaraty”, escreveu Calero.

O deputado se referiu, em sua postagem, à declaração de Bolsonaro de que os embaixadores brasileiros nos Estados Unidos “não fizeram nada de bom desde 2003”. A fala do presidente veio como forma de defender a indicação de seu próprio filho, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para a embaixada do país nos EUA.

Veja também:  Bolsonaro compartilha tuíte que diz que queimada na Amazônia é mentira: "Deus não gosta de mentirosos"

Na terça-feira (16) Calero já havia se manifestado sobre a indicação de Eduardo para o posto de embaixador em solo estadunidense. No plenário da Câmara, o parlamentar disparou: “Eu, que sou diplomata de carreira, sei do que estou falando. É inadmissível que o Brasil seja comparado a uma república bananeira, em que o presidente da República nomeia o seu filho como embaixador nos Estados Unidos”.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum