Eduardo Bolsonaro exalta golpe do presidente de El Salvador contra o Supremo

A declaração gerou alarme no ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia: "Muito grave"

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) usou as redes sociais neste domingo (2) para exaltar a tentativa de autogolpe dada pelo presidente de El Salvador, Nayib Bukele, e seus apoiadores na Assembleia Legislativa. Os cinco ministros da Sala Constitucional da Corte Suprema de Justiça (CSJ) foram destituídos na primeira sessão legislativa do novo Parlamento – que Bukele possui maioria de dois terços.

“PR de El Salvador Nayib Bukele tem maioria dos parlamentares em seu apoio. Agora, o Congresso destituiu todos os ministros da suprema corte por interferirem no Executivo, tudo constitucional. Juízes julgam casos, se quiserem ditar políticas que saiam às ruas para se elegerem”, escreveu o filho do presidente Jair Bolsonaro em seu perfil no Twitter.

Os argumentos usados por apoiadores de Bukele para “dissolver” a Sala Constitucional são muito parecidos com os usados pelos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro para atacar o Supremo Tribunal Federal (STF). Os deputados do partido Novas Ideias e outras legendas próximas ao presidente salvadorenho afirmaram que o tribunal atuava como um “super poder” e limitava a atuação do presidente diante da pandemia de Covid-19. O processo de destituição durou menos de 1 hora.

No sábado (1º), os bolsonaristas foram as ruas com a palavra de ordem “Eu autorizo”. O grito foi puxado com o objetivo de “dar um sinal” ao presidente de que apoiam uma intervenção no Supremo Tribunal Federal (STF). Bolsonaro tem repetido diversas vezes que fará “o que o povo pedir”, enquanto critica medidas de isolamento social e decisões do STF.

O tuíte de Eduardo Bolsonaro provocou alerta no deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), ex-presidente da Câmara. “Muito grave o comentário do deputado Eduardo Bolsonaro”, escreveu.

El Salvador

Movimentos sociais, oposição, entidades da sociedade civil – incluindo federações de indústrias – e organismos internacionais, como a Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) e a Organização dos Estados Americanos (OEA), condenaram a tentativa de autogolpe feita em El Salvador. Alguns manifestantes se reuniram na capital San Salvador neste domingo chamando o presidente de “ditador” e “fascista”.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e latino-americanista convicto, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum América Latina