Fórumcast, o podcast da Fórum
13 de agosto de 2019, 06h55

Eduardo Bolsonaro pede apoio na Fiesp para assumir embaixada: “Os senhores não são malvadões”

Eduardo ainda fez promessas aos empresários, dizendo que caso assuma o posto vai acelerar o acordo de liberação econômica e levar bandeiras aos EUA, como a das privatizações

Eduardo Bolsonaro e Paulo Skaf (Reprodução/Twitter)

Em jantar com empresários na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) nesta segunda-feira (12), o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) pediu aos empresários para que façam pressão sobre senadores para aprovar seu nome para assumir a embaixada brasileira em Washington, nos EUA.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Conto com apoio dos senhores, caso tenha contato com os senadores para poder dizer a eles que essa abertura que tenho na Casa Branca vai ajudar muito a acelerar os acordos comerciais. No final das contas, os senhores não são os malvadões que exploram os empregados, mas aqueles que dão o pontapé inicial na geração de empregos. E é isso que precisamos, de pujança”

Eduardo ainda fez promessas aos empresários, dizendo que caso assuma o posto vai acelerar o acordo de liberação econômica e levar bandeiras aos EUA, como a das privatizações.

“Estamos agora com a reforma da Previdência. Tudo indica que a próxima reforma seja a tributária. Algumas outras medidas acessórias também podem contribuir para isso. As privatizações, a MP (medida provisória) do saneamento, da aviação civil. São essas bandeiras que eu quero levar aos EUA. E dizer para eles que ocorreu mudança no Brasil que não foi só na questão da corrupção, mas também no pensamento econômico”, discursou.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum