Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
01 de julho de 2019, 08h18

Eduardo Bolsonaro toma partido e sai em defesa do Direita São Paulo contra o MBL

O MBL (Movimento Brasil Livre) foi hostilizado nas esvaziadas manifestações de direita deste domingo (30). Em algumas cidades, como em São Paulo e no Rio de Janeiro, seus integrantes foram chamados de “vendidos”, “traidores” e até de “petralhas”

Reprodução/Twitter

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) republicou em seu Twitter na noite deste domingo (30) um vídeo feito pelo deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP), do grupo Direita São Paulo, em que defende o movimento e ataca o MBL.

Enquanto o MBL usa as redes sociais para lamentar a hostilização sofrida nos atos pró-Moro, Eduardo Bolsonaro fez coro ao discurso do grupo Direita São Paulo. No vídeo, Douglas Garcia narra parte da confusão ocorrida em São Paulo, ataca veículos de imprensa de direita, como a Jovem Pan, e acusa o MBL de “vitimismo”.

O choro é livre
O MBL (Movimento Brasil Livre) foi um dos pontos de conflito nas esvaziadas manifestações de direita deste domingo (30). Em algumas cidades, como em São Paulo e no Rio de Janeiro, seus integrantes foram hostilizados por outros grupos bolsonaristas, que os chamavam de “vendidos”, “traidores” e até de “petralhas”.

Por isso, a conta do movimento no Twitter virou um verdadeiro desfile de “mimimi” contra aqueles que outrora eram seus aliados, mas que passaram a considerar que eles traíram o governo e a direita. No tuíte principal, há um vídeo onde Renan Santos, um dos líderes do movimento, faz um relato das brigas acontecidas em São Paulo e no Rio de Janeiro.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum