sábado, 19 set 2020
Publicidade

Eduardo Bolsonaro toma uma invertida homérica de Rodrigo Constantino no Twitter

Após o comentarista político Rodrigo Constantino, da Rádio Jovem Pan, sugerir que o presidente Jair Bolsonaro pare de atuar em benefício de seus filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro foi tirar satisfações e acabou recebendo uma dura resposta, em que foi questionado sobre o esquema de rachadinha promovido pelo ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL), Fabrício Queiroz.

Ao ser questionado por Eduardo sobre a atuação no Banco Marka, de Salvatore Cacciola, o colunista disparou: “Eu respondo, Dudu: não, não era. E eu nunca trabalhei lá. Agora surgiu uma dúvida aqui, de coração: seu irmão ou algum parente era sócio na rachadinha do Queiroz, amigão da família há décadas?”.

A troca de farpas começou após Constantino fazer uma publicação em que dizia que passaria a chamar Jair Bolsonaro de “mito” caso ele retirasse os filhos de cena. “Se Bolso chamasse os filhos: 01, vc se meteu com Queiroz e é problema teu, vou vetar integral e que se dane; 02, a partir de hj vc está proibido de escrever nas redes sociais, só videogame; 03, cancelado o presente de aniversário, esquece embaixada. Aí eu chamava de MITO!”, publicou.

Constantino é um grande defensor do governo Bolsonaro e já entrou em rota de colisão com a colunista Vera Magalhães por diversas vezes no programa 3 em 1, da Rádio Jovem Pan.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.