Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de dezembro de 2019, 09h13

Eduardo Bolsonaro volta a atacar Tabata Amaral: “Velhas ideias, mas agora perfumada. Eis a esquerda limpinha”

Série de ataques começou após a pedetista dar "nota zero" para o ministro da Educação, Abraham Weintraub. Para rebater a opinião da deputada, Eduardo compartilhou publicação que chama a parlamentar de "pirralha"

Tabata Amaral e Eduardo Bolsonaro (Montagem/ Reprodução)

Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) baixou um pouco mais o nível nesta quarta-feira (18) nos ataques à deputada Tabata Amaral (PDT-SP). Em publicação no Twitter, o filho de Jair Bolsonaro disse que a pedetista é parte da “esquerda limpinha”, lembrando o comentário de Eliana Catanhêde sobre as “massas cheirosas” que seriam parte do PSDB.

“Tem gente que acha que esta é a deputada da nova geração que vai melhorar a educação. Não passa das velhas ideias, mas agora perfumada. Eis a esquerda limpinha”, atacou Eduardo, após tomar uma invertida da deputada.

Pirralha
Os ataques de Eduardo contra a pedetista iniciaram após Tabata dar “nota zero” para a gestão de Abraham Weintraub no Ministério da Educação.

Na segunda-feira (16), o deputado compartilhou um tuíte de Ubiratan Jorge Lorio, professor do Instuto Mises, onde Eduardo diz ter feito pós-graduação em Economia liberal, atacando a entrevista da parlamentar, dizendo que “pirralhas e gralhas só fazem barulho”.

“A @tabataamaralsp vive em outro mundo.Dar zero para o MEC que:
-salvou o ENEM
-tirou ideologia d gênero
-botou escolas cívico-militares
-descontigenciou 100% do orçamento do MEC,mesmo c/ doentes e idiotas úteis protestando contra o inexistente corte de 30%
@AbrahamWeint é 1.000!”, tuitou Eduardo.

A pedetista deu uma invertida ao comentar a publicação. “Vivo em um mundo onde não é normal um Ministério que diz que alfabetização é prioridade não fazer nada na área. Um mundo que reconhece a importância de Paulo Freire para a educação. Realmente tenho uma visão de mundo muito diferente do governo”, escreveu Tabata, provocando a fúria do filho de Jair Bolsonaro.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum