Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de março de 2019, 16h24

Em 68 dias de governo, Bolsonaro deu 82 declarações falsas ou distorcidas, aponta estudo

Logo após a divulgação de mais uma fake news, levantamento da agência Aos Fatos constata que, desde que assumiu, Bolsonaro fez 149 declarações passíveis de checagem, das quais 82 eram completamente falsas ou apresentavam alguma distorção

Reprodução/TV Globo

Nesta segunda-feira (11), um dia depois de Jair Bolsonaro divulgar mais uma fake news em suas redes sociais, desta vez sobre o áudio vazado de uma jornalista do Estadão, a agência de checagem Aos Fatos divulgou um levantamento que constata o alto grau de divulgação de informações falsas por parte do presidente.

De acordo com o estudo, em 68 dias de governo, Bolsonaro deu 82 declarações falsas ou distorcidas. Ao todo, de acordo com a agência, foram 149 declarações “passíveis de checagem”. A média de informações falsas ou com algum grau de erro disseminadas pelo capitão da reserva é de 1,4 por dia.

Leia também
Áudio fake vazado no Twitter: OAB e Abraji dizem que Bolsonaro usa poder para intimidar jornalistas

A agência informa ainda que os temas mais frequentes de fake news do presidente são economia, ideologia, ou o que Bolsonaro chama de “viés ideológico” e declarações a respeito de nomeações para a equipe de governo.

O levantamento tem como inspiração uma iniciativa do jornal estadunidense Washington Post, que mantém uma coluna de checagem sobre as declarações do presidente Donald Trump.

Confira a íntegra do estudo aqui.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum