Em arquivos vazados, representante da Cambridge Analytica marca reunião no Consulado Britânico

A conversa teria como objetivo "coordenar as atividades" no Brasil

Entre os arquivos vazados por Brittany Kaiser, executiva da Cambridge Analytica (CA), está uma conversa em que ela articula uma reunião entre um representante da empresa, Mark Turnbull, e o Consulado Geral Britânico São Paulo durante visita do diretor ao Brasil. Segundo a troca de mensagens, entre os assuntos abordados estiveram questões de defesa e eleições.

“Estou escrevendo para apresentar meu diretor administrativo Mark Turnbull (copiado) do SCL Group, um grupo de comunicações estratégicas com sede em Londres, empresa que trabalha em eleições, projetos de defesa e marketing comercial globalmente”, diz a mensagem enviada por Kaiser no dia 25 de outubro de 2016. “Gostaríamos de coordenar nossas atividades regionais com o consulado e analisar os serviços da OMIS para a nossa próxima viagem”, completa.

Apesar da mensagem ter sido enviada um dia antes, a reunião foi prontamente marcada para o dia 26 de outubro com a consulesa-geral Joana Crellin.

Naquele ano, a Cambridge Analytica estava iniciando seus trabalhos no Brasil. Em julho, Pedro Vizeu-Pinheiro foi contratado oficialmente pela empresa como diretor do grupo SCL no Brasil. Pouco antes de assumir o posto, em maio, Vizeu-Pinheiro já conversava com um candidato à presidência em nome da empresa com vistas à 2018.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR