quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Em audiência com Greenwald, Contarato cobra coragem de senadores para instauração de CPI da Vaza Jato

O senador Fabiano Contarato (Rede-ES) pediu que os senadores tenham coragem para assinar o pedido de instauração de Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar o conteúdo das conversas do Vaza Jato, que envolve procuradores do MPF e o ex-juiz federal Sérgio Moro. A cobrança foi feita em audiência na CCJ realizada nesta quinta-feira (11) com o jornalista Glenn Greenwald.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Quando eu vejo que que temos 81 senadores e tenho 13 assinaturas, com respeito, eu fico um pouco envergonhado. Uma CPI é para apurar. Uma CPI não é caça as bruxas, é para esclarecer os fatos. Quem não deve, não teme”, afirmou Contarato após uma longa exposição denunciando a atuação de Sérgio Moro com base nas conversas publicadas pelo Intercept e outros veículos da imprensa.

Contarato, que é professor de direito e atuava como delegado de polícia civil antes de assumir o posto no Senado, disse ainda que estaria preso se tivesse utilizado os mesmos métodos de Sérgio Moro enquanto trabalhava na delegacia.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.