domingo, 20 set 2020
Publicidade

Em carta a Gleisi, ex-presidentes do PT pedem que partido não apoie prefeito bolsonarista de Belford Roxo

Nesta segunda-feira (10), seis ex-presidentes do PT encaminharam uma carta a atual presidenta da sigla, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), em que pedem para que o partido cancele o apoio à reeleição do prefeito de Belford Roxo, no Rio de Janeiro, Wagner Carneiro (MDB), conhecido como Waguinho.

A aliança com o emedebista foi selada em votação do Diretório Nacional do PT na última sexta-feira (7), após intensos debates, por 29 votos a 25 e 11 abstenções.

O problema, para os seis ex-presidentes do PT que redigiram a carta, é que Waguinho é um apoiador declarado de Jair Bolsonaro e, inclusive, chegou a pedir votos para o capitão da reserva em 2018. A articulação para que o partido apoiasse o atual prefeito de Belford Roxo partiu, principalmente, do ex-presidente do PT no Rio de Janeiro, Washington Quaquá. Inúmeras correntes da sigla se posicionaram contra o acordo com o bolsonarista, mas a corrente de Quaquá acabou vencendo.

No último dia 3, o senador Flávio Bolsonaro esteve na cidade e se reuniu com Waguinho para a inauguração de uma obra de saneamento. Na ocasião, ambos trocaram elogios.

“As resoluções de nosso VII Congresso e da direção partidária são inequívocas: nenhuma aliança pode ser estabelecida com o neofascismo, com os partidos e candidatos que o representam em qualquer espaço do território nacional”, diz a carta, assinada por Olívio Dutra, José Dirceu, José Genoíno, Tarso Genro, Ricardo Berzoini e Rui Falcão.

“O PT deve ser exemplo de coerência e firmeza, por todo o país, refutando qualquer concessão na batalha que trava nosso povo contra o autoritarismo”, completam os petistas.

Confira a íntegra.

10 de agosto de 2020

Companheira Gleisi Hoffmann

Presidenta Nacional do Partido dos Trabalhadores

Na condição de ex-presidentes de nosso partido, preocupados com a grave situação de nosso país, gostaríamos de solicitar ao Diretório Nacional que imediatamente retificasse a autorização para que o PT apoie a reeleição do atual prefeito de Belford Roxo (RJ), do MDB, notório por sua cumplicidade com o bolsonarismo.

As resoluções de nosso VII Congresso e da direção partidária são inequívocas: nenhuma aliança pode ser estabelecida com o neofascismo, com os partidos e candidatos que o representam em qualquer espaço do território nacional.

O PT deve ser exemplo de coerência e firmeza, por todo o país, refutando qualquer concessão na batalha que trava nosso povo contra o autoritarismo.

Atenciosamente

Olívio Dutra

José Dirceu de Oliveira e Silva

José Genoíno

Tarso Genro

Ricardo Berzoini

Rui Falcão

Ivan Longo
Ivan Longo
Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.