Fórumcast #19
01 de abril de 2019, 08h03

Em delegacia, bolsonaristas fazem provocação oferecendo bolo a policiais pelo aniversário do Golpe

"Sobra descaramento", diz vereadora Juliana Cardoso (PT/SP) que registrou imagens do episódio ocorrido quando manifestantes contrários ao golpe militar foram registrar boletins de ocorrência de agressões em atos contra a celebração na Avenida Paulista

Em foto da delegacia, destaque para o pedaço de bolo em comemoração ao golpe de 1964 - Reprodução Facebook

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro que comemoraram o “aniversário” da ditadura miliar do Brasil, iniciada em 1964, cantaram parabéns, levaram bexigas e distribuíram bolo enquanto manifestantes contrários ao golpe registravam as agressões sofridas por apoiadores de Jair Bolsonaro (PSL) na Avenida Paulista, neste domingo (31), durante manifestações contrárias à celebração do golpe.

As provocações ocorreram no 78º Distrito Policial, nos Jardins, e foram registradas em fotos pela vereadora por São Paulo Juliana Cardoso (PT).

Em postagem no Facebook, ela conta que as comemorações eram dedicadas ao torturador Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra – que chefiou o DOI-CODI e é um dos ídolos do presidente da República.

“Além de sofrermos agressões físicas, os Bolsonaristas continuaram com provocações e ironias”, relatou Juliana.

Educadora e ativista dos Direitos Humanos, ela contou ainda que os “saudosos da ditadura” afrontaram a todos os presentes na delegacia, chegando a oferecer pedaços de bolo aos policiais.

“Para eles, falta consciência história e sobra descaramento. Disseminam mentiras e violência”, finalizou a vereadora, com as hashtags #ditaduranãosecomemora e #DitaduraNuncaMais.

Veja também:  Usado por Bolsonaro para mostrar que não é racista, Paulo Quilombola dá golpe em nome do presidente

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum