sexta-feira, 25 set 2020
Publicidade

Em meio ao escândalo de corrupção, chefe da Secom de Bolsonaro posta foto com trechos bíblicos

O secretário Especial da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), Fabio Wajngarten, fez uma publicação em seu Twitter, nesta quinta-feira (16), com trechos bíblicos, em meio às denúncias de que ele teria montado um esquema de corrupção no governo através de sua empresa FW Comunicação e Marketing.

“Amigos próximos; Amigos distantes; Quando vem do coração com sinceridade e de surpresa emociona demais. Minha eterna gratidão”, foi o que escreveu o chefe da Secom em ao compartilhar uma foto de uma mensagem que teria recebido de um amigo.

A mensagem que começa com “Fábio, não se deixe abater” cita três passagens bíblicas, sendo a primeira do novo testamento. Wajngarten, que é judeu, compartilhou mesmo assim: “Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados. Perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos” (2 Coríntios 4:8,9).

Reportagens da Folha de S. Paulo apontam que Wajngarten montou um esquema de corrupção através da FW, na qual o chefe da Secom receberia dinheiro de emissoras de TV e de agências de publicidade contratadas pela própria secretaria, ministérios e estatais do governo Jair Bolsonaro.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.