O que o brasileiro pensa?
04 de junho de 2020, 12h43

“Estamos juntos, Weintraub”, tuita Carla Zambelli antes de depor sobre milícia digital bolsonarista na PF

Antes de depor, Carla Zambelli distribuiu por meio de seus advogados uma nota dizendo que como a sua defesa não teve acesso ao inquérito, a duração de seu depoimento deve ser ‘curta’

Weintraub e Carla Zambelli (Reprodução/Twitter)

Antes de se dirigir à sede da Polícia Federal em Brasília, onde presta depoimento às 14h desta quarta-feira (4) no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) que investiga a milícia digital bolsonarista que propaga fake news, a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) mandou uma mensagem ao colega Abraham Weintraub, ministro da Educação, que também é alvo da investigação.

“Celso de Mello negou recurso do Ministro Abraham Weintraub, e manteve seu depoimento à PF, no dia de hoje, por suposto crime de racismo em publicação sobre a China. Deixo aqui registrado, novamente, todo meu apoio ao Ministro. Força, @AbrahamWeint! Estamos juntos!”, tuitou.

O ministro da Educação, que foi incluído no inquérito após pedir a prisão dos “onze vagabundos” do Supremo Tribunal Federal (STF) na fatídica reunião do dia 22 de abril, ostenta em seu perfil uma imagem em que aparece com uma mordaça vermelha.

Zambelli
Antes de depor, Carla Zambelli distribuiu por meio de seus advogados uma nota dizendo que como a sua defesa não teve acesso ao inquérito, a duração de seu depoimento deve ser ‘curta’.

Alexandre de Moraes, relator da investigação, já garantiu às defesas dos investigados o acesso aos autos. Na decisão que liberou os documentos, o ministro determina que as defesas agendem horários junto a seu gabinete para retirar as cópias digitalizadas dos autos, com marcas d’água. O procedimento se dá em razão do sigilo da investigação.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum