Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
20 de março de 2018, 23h12

VÍDEO: Emocionada, estudante de 70 anos da UFSM defende legado de Lula

Maria Dutra, aos 70 anos, faz o doutorado em Educação e estuda o sistema de cotas raciais na Universidade Federal de Santa Maria. Durante passagem do ex-presidente pela instituição, se emocionou: "Quando eu entrei nessa universidade tinham 2 estudantes negros. Agora são 30%". Assista

A política de cotas raciais instituída pelos governos Lula em universidades pelo Brasil virou tema de pesquisa de doutorado de uma senhora negra de 70 anos de idade na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). O petista esteve na instituição nesta terça-feira (20) em seu segundo dia de caravana pelo Rio Grande do Sul e, ao falar sobre o ex-presidente, a estudante Maria Dutra se emocionou e defendeu o legado do ex-metalúrgico.

“Quando eu entrei nessa universidade tinham 2 estudantes negros. Agora são 30%”.

Confira o depoimento da estudante gravado pelo jornalista Murilo Matias.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum